Materiais Mercado Orientações Primeiros Passos Tudo

Planilha – Qual investimento inicial e custos mensais para empreender em Mídia indoor?

investimento inicial-2
Escrito por Daniane Bergamini

No post “Os 6 primeiros passos para começar uma empresa de Mídia Indoor” mostramos que iniciar uma empresa não é tarefa simples. É necessário muito estudo, planejamento, trabalho e profissionalismo para entrar no mercado de forma segura, com os pés no chão, para poder conquistar clientes e crescer.

Lembre-se: estudo e planejamento não garante o sucesso de sua empresa, mas sem eles a probabilidade de seu negócio ser frustrado é muito maior.

Porém, e infelizmente, não é apenas com conhecimento, preparação e trabalho que se tira uma ideia do papel. É necessário um investimento inicial e mais um capital excedente para sustentar sua empresa até ela se tornar rentável.

Com este post queremos conscientizar o empreendedor que está iniciando no mercado de Mídia digital out of home (MDOOH), sobre os aspectos financeiros iniciais de sua futura empresa. No final do post disponibilizaremos uma planilha para download. O intuito é auxiliar o empresário com o levantamento do investimento inicial e cálculo dos primeiros gastos da empresa.

Investimento Inicial de uma empresa de Mídia Indoor

Investimento inicial, ou investimento pré operacional, são todos os gastos necessários para iniciar a operação de sua empresa no mercado. É um dos pontos que precisa ser levantado para a elaboração completa do plano de negócios.

cofrinho

O investimento inicial necessário para abrir uma empresa de digital signage é muito baixo se comparado às empresas de outros setores.

Para iniciar uma empresa de software, por exemplo, além do investimento inicial, são necessários meses de desenvolvimento, talvez anos, sem receita alguma para a empresa apenas lançar o software no mercado. Citando outro exemplo, para abrir uma academia é necessário pelo menos 100 mil reais. Um restaurante, 300 mil.

Em sinalização digital, a Progic possui diversos clientes que começaram com apenas um ponto em sua região e, com um bom planejamento e administração, cresceram de forma acelerada e constante.

Os principais investimentos iniciais de uma empresa profissional de mídia indoor são:

  • Hardware (TVs e players);
  • Mão de obra para a instalação dos equipamentos;
  • Moveis e equipamentos de escritório;
  • Serviço de criação de Website;
  • Custos de legalização;
  • Capital de giro para manter a empresa funcionando nos primeiros meses.

Custos Mensais de Operação

custos mensais

É importante que o empreendedor de mídia indoor tenha em mente que o investimento inicial é apenas a primeira necessidade de recurso para abrir a empresa. Além deste gasto inicial, é necessário projetar os custos e despesas recorrentes da empresa para os primeiros meses de funcionamento.

Nesta etapa, os principais gastos são:

  • Salário dos colaboradores;
  • Pró-labore do(s) sócio(s);
  • Aluguel da sede da empresa;
  • Gastos de luz, água, internet, etc;
  • Mensalidade do software de gerenciamento dos players.

Além da projeção destes custos, é muito importante acompanhá-los durante este período utilizando uma planilha de fluxo de caixa da empresa. Nele, se controla tudo que entra e sai de seu caixa.


Um gráfico muito interessante para visualizar este período inicial da empresa é o gráfico de exposição de caixa:

fluxo de caixa acumulado

Fonte: José Dornelas – Empreende – www.empreende.com.br

Nele, podemos observar o investimento inicial (ponto A), seguido de um período de fluxo de caixa negativo até a receita cobrir os custos e despesas mensais (ponto B e C) e, finalmente, quando todo o investimento é recuperado (ponto D).

Obviamente, este gráfico é uma aproximação de um comportamento similar de empresas iniciantes de vários setores diferentes. O gráfico real do fluxo de caixa acumulado irá variar de caso a caso.


Agora, como prometido, estamos disponibilizando uma planilha com os principais gastos iniciais e mensais de uma empresa de mídia indoor:

botao planilha custo inicial

É importante considerarmos todos os gastos, mesmo que inicialmente se tenha algum benefício que não necessite de desembolso de fato. Também deve-se ter muito cuidado para não subestimar estes custos, para não ter surpresas futuramente. Assim, é fundamental considerar um capital de giro generoso, ou um fundo de reserva, para cobrir possíveis custos inesperados.

Com base nesta planilha, já podemos ter uma ideia prévia de quanto se deve cobrar pelos anúncios na sua rede. Iremos preparar um post sobre este assunto com outra planilha para precificação de seu produto. Assine nossa newsletter e nos acompanhe.

Esperamos ter ajudado a você, futuro operador de digital signage, a se planejar melhor para entrar neste mercado em constante expansão. Continue lendo nossos posts para adquirir cada vez mais conhecimento e dominar o setor!

Qualquer dúvida ou sugestão deixe nos comentários. Até a próxima!

Sobre o autor

Daniane Bergamini

Sócia e Diretora de Operações da Progic. Formada em engenharia de alimentos pela UFSC com MBA em gestão industrial pela FGV.

Deixe seu comentário

6 Comentários